SANTA CATARINA – O Decreto nº 435/2020 determina que os benefícios concedidos aos atacadistas de autopeças relacionados ao recolhimento do ICMS ST continuarão vigentes enquanto estes produtos forem sujeitos ao ICMS ST. Caso o atacadista venda internamente para consumidor final deverá tributar o ICMS próprio normalmente.